Que isso Bela?: Texto: Leve-me de volta.

15 de mar de 2013

Texto: Leve-me de volta.


Eu tinha sete e você nove, e eu podia ver como seus olhos brilhavam como as estrelas. Nossos pais costumavam brincar sobre nós, nossas mães sorriam e diziam que iríamos nos casar. Você gostava de piratas e eu e sua irmã de princesas, você nunca soube brincar com a gente. Diziam que você algum dia ia me bater, mas você não me bateu, você esquecia o quão eu era irritante e ia brincar comigo. Nosso mundo era apenas uma quadra e parecia imenso, eu não acreditava que havia mais coisas além do mar e você me prometeu que um dia me levaria à Terra do Nunca. Naquele dia, desafiei você a me beijar e sai correndo quando tentou, lembro de você rindo e me dizendo para voltar. E assim fomos crescendo. Quando fiz doze, você já se interessava por garotas, mas ainda gostava de piratas. Você podia notar como meu corpo começava a mudar e já não brincávamos como antes, você dizia que não tinha mais idade para isso e que eu deveria me preocupar em me maquiar. Mas você ainda frequentava minha casa e conversava comigo durante horas, nossos pais ainda brincavam sobre nós e seus olhos ainda brilhavam como estrelas. Dias depois você me convidou para ir à praia e eu fui, lembro que o vento batia e bagunçava meu cabelo e o céu começava a ficar alaranjado, você me levou para o calçadão onde havia um banquinho de madeira e dali dava para ver o anoitecer perfeitamente. Você não dizia nada e alguns minutos depois você me beijou. Você não me disse nada durante o caminho para casa. Ficamos três dias sem nos falar, até que um dia você apareceu em casa e voltamos a conversar. Nada aconteceu entre nós, nossos pais pararam de brincar sobre nós e seus olhos ainda brilhavam como estrelas. Meses depois você se mudou e nunca mais deu notícias. Ficamos dois anos sem nos falar, sem saber, com quinze me mudei para a sua cidade e te encontrei numa lanchonete com seus amigos, você olhou na minha direção e nossos olhos se encontraram, você não se levantou e eu também não fui até você. Continuei meu caminho normalmente, mas quando voltei você estava lá, na frente da lanchonete, esperando que eu voltasse. Você estava ali, com seus olhos brilhantes feito estrelas olhando para mim e pedindo para me acompanhar até em casa e semanas depois você me pediu em namoro. Nossos pais não acreditavam que nos apaixonaríamos e nossas mães diziam que já sabiam. Namoramos por cinco meses e depois você se foi. Não sei para onde foi, um dia olhando em meus olhos disse-me que ia embora, deu-me um beijo de despedida e foi. Talvez você esteja aqui e eu não te reconheci. Vamos por favor, leve-me de volta para aquela noite estrelada na qual te conheci, leve-me para os navios piratas que costumávamos brincar. Leve-me de volta para a praia onde você me beijou pela primeira vez. Leve-me de volta para o dia em que me pediu em namoro. Leve-me de volta para o lugar onde você era meu. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Pode falar palavrão, eu não ligo, também falo um monte.
- Aceito apenas tags.
- Aceito "segue de volta?" se comentar algo relativo ao post também.
- Críticas construtivas são sempre bem-vidas.